17 de mar de 2011

Dispensa de licitação na compra de rádios. Negócio correto?


Cada rádio custará quase R$ 4,2 mil. A empresa fornecedora, por dispensa de licitação, foi a Mobile Ton Eletronica, especializada venda de componentes eletroeletrônicos, manutenção e locação de equipamentos de radiocomunicação.

Exército compra R$ 83 mil em rádios para fazer segurança de Obama
Amanda Costa - do Contas Abertas
A poucos dias da chegada do presidente dos Estados Unidos da América ao Brasil, autoridades brasileiras fazem os últimos ajustes no esquema de segurança montado para receber Barack Obama. Na última terça-feira (15), o Comando da Brigada de Infantaria Pará-quedista do Exército, sediada na Vila Militar do Rio de Janeiro, autorizou a compra, por R$ 83,6 mil, de 20 rádios portáteis de comunicação para atender à operação de segurança preparada por conta da visita do presidente norte-americano.
Cada rádio custará quase R$ 4,2 mil (veja aqui a nota de empenho). A empresa fornecedora, por dispensa de licitação, foi a Mobile Ton Eletronica, especializada venda de componentes eletroeletrônicos, manutenção e locação de equipamentos de radiocomunicação.
O Comando da Brigada de Infantaria Pará-quedista afirmou que todas as questões relacionadas à segurança do presidente Obama deveriam ser tradas com o Centro de Comunicação Social do Exército, em Brasília, que, por sua vez, informou que o Comando Militar do Leste é o responsável pela coordenação da área de segurança no Rio de Janeiro. Até o fechamento da matéria, no entanto, o Comando Militar do Leste não foi localizado para informar de que forma a aquisição dos rádios contribuirá para otimizar o esquema de segurança em torno do presidente dos EUA.
Obama
Obama, que fará sua primeira viagem como presidente norte-americano à América do Sul, chegará ao Brasil no próximo sábado (19) e iniciará a agenda em Brasília, onde fará a assinatura de acordos com a presidente Dilma Rousseff. Em seguida, o presidente dos EUA partirá para o Rio de Janeiro e visitará, no domingo, a comunidade Cidade de Deus, na zona oeste. Logo mais à tarde, Obama discursará na Cinelândia, no centro do Rio para cerca de 30 mil pessoas. O evento, de acordo com a embaixada norte-americana, será gratuito, aberto ao público e “direcionado a todos os brasileiros”. Haverá tradução simultânea.
Segundo o secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, o esquema de segurança montado para a visita do presidente Barack Obama está pronto, inclusive, com os itinerários traçados. “O esquema especial de segurança está a cargo da PM e do consulado americano. Estamos montando todo o aparato que o consulado americano considera necessário e vamos atender dentro das nossas possibilidades. Tudo está ajustado”, disse.
Fonte:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

comentário aguardando moderação