14 de dez de 2010

Will this come to here?


___________________________________________
O mandatário venezuelano tem afirmado que pretende legislar em "áreas prioritárias" como a moradia, agricultura, alimentação, infra-estrutura e economia.
 Por Claudia Jardim, de Caracas para a BBC Brasil
Chávez e Dilma Rousseff, 
antes de ser eleita presidenta


O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, deve entregar nesta terça-feira um projeto solicitando ao Parlamento venezuelano a aprovação de uma lei habilitante, que concede plenos poderes ao mandatário para governar por decreto.
Chávez argumenta que a iniciativa busca acelerar medidas para solucionar a emergência ocasionada pelas fortes chuvas que assolam o país e que já deixaram 120 mil desabrigados e mais de 30 mortos.
Para o presidente venezuelano, a lei - que permitirá ao chefe de Estado aprovação de decretos-lei sem ter que passar pelo Congresso - "tem que ser de pelo menos seis meses" e no máximo 18 meses.
"Não farei nada que não esteja na Constituição", afirmou o mandatário em reunião de conselho de ministros, na noite desta segunda-feira.
Chávez disse que é preciso criar um conjunto de leis especiais de caráter "urgente" para atender o que considera "uma verdadeira crise social".
O mandatário venezuelano tem afirmado que pretende legislar em "áreas prioritárias" como a moradia, agricultura, alimentação, infra-estrutura e economia.
Continue lendo  em:

Powered by BannerFans.com

Nenhum comentário :

Postar um comentário

comentário aguardando moderação