24 de out de 2010

Ordens para a produção de dossiês partiram de Dilma Rousseff e Gilberto Carvalho

______________________________________   




“Não agüento mais receber pedidos da Dilma e do Gilberto Carvalho para fazer dossiês (…). Eu quase fui preso como um dos aloprados”. (Pedro Abramovay)

Por Reinaldo Azevedo 
O Planalto tem um comando que perverte a República e tenta transformar o estado brasileiro em uma central de ilegalidades a serviço do PT. No comando estão ninguém menos do que Dilma Rousseff, candidata do PT à Presidência da República —aquela que Lula, o grande líder dessa facção, chama de “mãe do Brasil — e Gilberto Carvalho, chefe de gabinete da Presidência da República. Ao menos é o que sugerem gravações a que VEJA teve acesso. Carvalho agora é réu no processo que investiga falcatruas em Santo André (...) durante a gestão Celso Daniel, o prefeito assassinado em circunstâncias que até hoje chocam a lógica. Foi nessa cidade, no governo petista, que se criou o software de transferência de recursos públicos para o PT. “Não agüento mais receber pedidos da Dilma e do Gilberto Carvalho para fazer dossiês (…). Eu quase fui preso como um dos aloprados”. A frase acima e de Pedro Abramovay, secretário Nacional de Justiça, e integra gravações feitas legalmente (e devidamente periciadas) a que a reportagem da VEJA teve acesso. Revela-se a tentativa clara de transformar o Ministério da Justiça numa mera repartição do PT, a serviço da destruição dos inimigos. (meus grifos). http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/dilma-rousseff-e-gilberto-carvalho-dao-as-ordens-para-a-producao-de-dossies/

Eu pergunto: seria só o Ministério da Justiça, Reinado? Será que não temos também ministros trabalhando a favor do PT?

Nenhum comentário :

Postar um comentário

comentário aguardando moderação