17 de set de 2010

I don't know of anything






Caso Erenice: Planalto já sabia sobre o lobby desde fevereiro
Empresário mandou emails à Casa Civil reclamando das cobranças
17 de setembro de 2010 | 0h 00
Leandro Colon - O Estado de S.Paulo
O Palácio do Planalto sabia pelo menos desde de fevereiro deste ano que havia um lobby funcionando dentro da Casa Civil e cobrança de vantagens para intermediar empréstimos junto ao BNDES.http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20100917/not_imp611184,0.php
Dilma: ''Onde está a prova de que eu esteja envolvida?''
Wilson Tosta - O Estado de S.Paulo
A presidenciável Dilma Rousseff (PT) elogiou o pedido de demissão de Erenice Guerra do Ministério da Casa Civil. (...) Dilma disse acreditar que sua campanha não será afetada pelo caso e repudiou as acusações de que estaria envolvida em suposta tentativa de intermediação de empréstimo no  BNDES. "É importante, no Brasil, que a gente não perca a referência das conquistas da civilização: (o acusador) tem que provar que você fez, não você provar que não fez." Diferentemente de ocasiões anteriores, a petista não apontou motivação eleitoral nas denúncias. http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20100917/not_imp611188,0.php
Veja também:
  Comissão de Ética está reunida para discutir caso Erenice
  Pivô do escândalo: 'O Stevam é um avião na Casa Civil'
  Filho de Erenice cobrou 5% de empréstimo no BNDES, diz empresário
  É a segunda demissão na Casa Civil em três dias
  Dilma: 'Onde está a prova de que eu esteja envolvida?'
  Serra: 'É um mau exemplo para o Brasil'
  Marina: 'Espero que não seja o fim da investigação'
  Escândalo 'tira o brilho' da candidatura de Dilma, diz jornal
  Dora Kramer: À deriva
  Eugênio Bucci comenta demissão da ministra no 'Política às 5'
  Veja a íntegra da carta de demissão de Erenice para Lula
  Leia o contrato feito entre empresa do filho de Erenice e a EDRB
  Especial: o lobby da família Guerra
 *********
Em 01 de setembro



AMIGOS PARA SEMPRE    - O prefeito de Dourado, Ari Artuzi, abraçado a Dilma Dossiêff  ( foto tirada em agosto),    está agora na cadeia, por corrupção: recebia 10% de todas as obras feitas no município. Pretendia ficar milionário com as promessas de implantação de obras do PAC na cidade. 
Agora eu pergunto: vocês acreditam que Dilma Rousseff não sabia de nada?




Toinho de Passira:  Fontes: Folha de São Paulo, In Tribus Verbi, Prefeitura de Dourados, Dourados Agora, Midiamax, Grande FM, Estadão.


Em 24 de agosto, o prefeito de Dourados (MS), Ari Artuzi (PDT), decretou ponto facultativo, para que os funcionários públicos da cidade pudessem acompanhar a visita de Lula ao município e chegou a colocar ônibus gratuitos para levar a população onde o presidente fez um daqueles showmícios, fingindo que inaugura obras.  O motivo de Lula andar pelo Mato Grosso foi para justificar seu deslocamento para participar de um comício para a candidata Dilma Dossiêff.A escolha do município de Durados, a segunda maior cidade do Mato Grosso, deveu-se ao apoio incondicional dado pelo prefeito Ari Artuzi, a candidata Dilma. Acontece que no momento, o apoiador da candidata, o prefeito Ari Artuzi, encontra-se na cadeia, acusado de chefiar uma quadrilha de “mensalão”, nos moldes do esquema inaugurado por José Dirceu, o guru de Dilma. (...) 


Jorge Roriz 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

comentário aguardando moderação