15 de set de 2010

Brasileiros duvidam das pesquisas

Inquiete-se e participe da INQUIETE para presidente?
Motivados pelas pesquisas eleitorais divulgadas pela mídia, um grupo de amigos resolveu elaborar um projeto diferenciado, sem vinculação partidária, e sem delimitação territorial. Trata-se do Projeto Inquiete, uma pesquisa direta para Presidente da República, onde você escolhe o seu voto, e confirma, logo abaixo aparecerá o resultado da enquete e a porcentagem de voto de cada candidato. Basta acessar http://inquiete.com.br/ e dar o seu voto. 
Lembrando: não constam no questionário os votos brancos e nulos, apenas os válidos para Presidente da República.  "O presente levantamento não se trata de pesquisa eleitoral, descrita no art. 33 da Lei nº 9.504/97, mas de mero levantamento de opiniões, sem controle de amostra, o qual não utiliza método científico para sua realização, dependendo, apenas, da participação espontânea do interessado." 
Guilherme Fernando F. da Silva Ponta Grossa - PR (42) 8852-5869 http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20100914165946AAFwnVC 
****** 
Manipulação nas pesquisas? 
Mozarildo se diz incrédulo com pesquisas eleitorais e relata tentativa de fraude 02/09/2010 15:42:20 O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) classificou nesta quinta-feira (2) como "criminoso" e "preocupante" o objeto da denúncia feita ontem (1º) pelo senador Papaléo Paes (PSDB-AP). Segundo ele, um encarregado do Ibope teria oferecido a manipulação do resultado das pesquisas ao coordenador de campanha de um dos candidatos ao governo do Amapá. A fraude custaria R$ 1 milhão e abrangeria todas as pesquisas até o segundo turno. A oferta foi gravada. - O senador Papaléo Paes ligou para o Dr. Montenegro, que é o dono do Ibope. O Dr. Montenegro disse que era uma empresa terceirizada que eles contratavam em Belém para fazer a pesquisa no Amapá. Essas pesquisas agora começam a me deixar, digamos assim, completamente incrédulo. Ora, se isso acontece no Amapá, o que não estará acontecendo, por exemplo, em Roraima? - questionou. Mozarildo observou que em Roraima o Ibope também apresentou pesquisas "um pouco preocupantes". Ele lembrou que na campanha eleitoral de 2006, as pesquisas do Ibope sempre apresentavam sua adversária na frente. Somente às vésperas da eleição, ela apresentou uma leve vantagem sobre Mozarildo, que venceu a eleição com 13% de vantagem. O senador disse que chegou à conclusão de que a pesquisa de Roraima é manipulada, pois, de repente, o atual governador, que sempre esteve atrás nas pesquisas, apareceu na penúltima pesquisa com empate numérico (41% a 41%) e na pesquisa mais recente, já aparece com 6 pontos à frente do adversário. Ele fez um apelo a Montenegro que dê explicações sobre o caso, porque as pesquisas têm uma influência muito grande sobre o eleitor indeciso. O senador Roberto Cavalcanti (PRB-PB) disse que na Paraíba não é diferente. Para ele, o problema está na terceirização porque não existe co-responsabilidade e as discrepâncias só aumentam. Ele defendeu o aprimoramento da veracidade dos institutos de pesquisa. O senador Augusto Botelho (sem partido-RR) lembrou que, durante a campanha eleitoral, os seus eleitores reclamaram que o seu nome não aparecia nos formulários dos pesquisadores do Ibope. Vespeiro. Continue lendo em: http://www.senado.gov.br/noticias/Especiais/eleicoes2010/noticias/mozarildo-se-diz-incredulo-com-pesquisas-eleitorais-e-relata-tentativa-de-fraude.aspx Da Redação / Agência Senado Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF – CE 
  Bookmark and Share

Nenhum comentário :

Postar um comentário

comentário aguardando moderação